Circuito é Treinamento Funcional?

O circuito é Treinamento Funcional sim, porém faz parte de todo o conjunto de aulas possíveis dentro do treinamento Funcional.

Para entender melhor o Circuito, ou aulas em formato Circuito, é preciso lembrar que é uma das aulas de sala mais antiga das academias, e provavelmente mais façeis de se montar, e mais facil de dar a aula, isso no ponto de vista de quem ja deu muitas aulas de grupo, e as aulas de circuito funcionais eram promovidas como as demais aulas de sala são promovidas, como aulas de Aerobica, de intensidade média e longa duração, de 30 a 50 minutos, com intervalos entre cada etapa do circuito.

O QUE É CIRCUITO FUNCIONAL?

O circuito funcional deriva do treinamento funcional, uma modalidade criada com base em movimentos simples, que não precisam, necessariamente, de aparelhos ou pesos, podendo ser feitos somente com o peso do corpo. Os movimentos de empurrar, agachar, correr, saltar, puxar e lançar são combinados na criação de exercícios aeróbicos, de estabilidade ou de força.

As aulas de Circuito Funcional, servem para qualquer pessoa, desde pessoas que precisam melhorar seu condicionamento fisico, para Crianças e até atletas de alto nivel, pela praticidade de palnejamento das aulas e pelo objetivo principal do circuito FUncional que é o condicionamento aeróbico.

Por se tratar de Aula de grupo, o planejamento da aulas deve ser por tempo, assim todos iniciam juntos e terminam a aula juntos. Dentro do tempo estipulado o aluno executa o maximo de repetições possiveis, dentro de suas limitações.

O tempo ideal para cada volta do cirtuito, depende muito das caracteristicas do grupo de alunos que praticam, se for um grupo muito heterogêneo, as cargas dentro do circuito podem mudar, ou seja: se na aula tiver alunos avançados, este deve adicionar cargas ao exercicio, ou velocidade dependendo das atividades propostas pelo professor.

Como adicionar Cargas no Circuito Funcional?

É bem simples: Se a aula contem 12 exercicios, e a proposta de aula contém Agachamentos, afundos, se adiciona cargas.

Se a aula contém salto na caixa ou no step, flexões ou burpess, se cobra mais velocidade de execução. E são ajustes que devem ser antecipados no inicio da aula na parte de instrução.

Como Ajustar a intensidade para Alunos Iniciantes ou sem condicionamento?

Essa parte é a mais importante, e manter um grupo sempre ativo e assíduo, é necessário ter o tato, ou percepção de ajustes para esses alunos continuarem nas aulas.

Como pode ser Ajustado? Uma fase muito importante dizer para os alunos é , faça no seu ritmo, e mostrar as alternativas de execução, como:

Se a aula contém elementos de impacto, como saltar no step/caixa, ele deve subir e descer de forma controlada.

Se a aula contem movimentos como Flexão de Braços, a execução pode ser adaptada .

Análise Biomecânica da Flexão de Braços – Rany Siqueira

Sabendo o que é o Circuito Funcional, agora ja é possível analizar se é ou não Treinamento Funcional.

Para uma Aula ser caracterizada como Treinamento Funcional, ela deve primeiramente ser executada em equipamentos de academia, isso já configura a aula como “Funcional”.

Características dos treinos funcionais
O principal objetivo do treino funcional é resgatar por meio do exercício a capacidade funcional do homem da atualidade. Mas, o que isso significa? Que as atividades físicas que fazem parte do treinamento devem trazer algumas vantagens para a rotina diária do praticante. Entre as principais características do treino funcional, temos:

1. Transferência de treinamento
O treino tem que ter uma semelhança com as atividades da rotina diária, seja o praticante um atleta, sedentário, idoso ou até mesmo uma criança.

2. Atividades “Base estáveis”
Nesta modalidade de treino, são incluídos exercícios que começam com os pés ou mãos aplicando força contra o chão.

3. Exercícios multiarticulares
O treino funcional trabalha com vários músculos ao mesmo tempo para conseguir uma ação coordenada das articulações.
4. Treinamento com materiais
O treino funcional utiliza diversos materiais que ampliam as possibilidades e benefícios da atividade. Entre eles estão: bolas, elásticos, halteres, caneleiras e plataformas de equilíbrio.

5. Uso do corpo
Este tipo de exercício físico trabalha diretamente o uso do corpo. Por exemplo, os materiais de apoio só vão ser eficiente se você usar a gravidade e o seu peso para utilizá-los.

Em poucas palavras, os treinos funcionais são baseados em movimentos, como andar, correr, abaixar, puxar, esticar e diversas outras ações que usam o esforço natural e o peso do corpo como fortes aliados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.